Tuesday, September 16, 2014

Faz todo sentido


Conta a lenda que Graça Clemente nasceu tão linda que a parteira, que já tinha idade e já não se emocionava mais com os partos que realizava, chorou emocionada e apaixonada ao trazer a menina para este mundo.

O brilho de Graça só aumentava com os anos. Aos 12 a menina arrancava sorrisos acompanhados de "Bom dia, Graça!" extremamente animados. Aquela garota iluminava o povoado como nem o Sol era capaz. 

Mas o Amor encontrou Graça e aos 14 anos ela se viu completamente apaixonada por outra pessoa, e não pela Vida, como toda menina deveria ser apaixonada. 

Foi a ruina de Graça. Em dois anos poucos conseguiam reconhecê-la ao passar pelas ruas e alguns já comentavam até que sentiam falta daquela menininha que passava sorrindo todos os dias. 

Graça não apenas perdeu seu brilho... ficou também amarga, e aos 17 já não via mais razão para continuar. Tirou a própria vida praticamente arrancando o coração de dentro do peito. Alguns dizem que ela só queria se livrar da parte que doia. 

Essa foi a maior tragédia daquela região! Não havia ninguém por aquelas terras que não tenha comparecido ao enterro de Graça e chorado um oceano pela perda. Mas todas as orações e oferendas não foram capazes de tranquilizar o espírito de Graça, que passou a vagar por aquele cemitério, atordoado e sem esperança. 



Não se sabe quando essa história aconteceu e poucos são os que conhecem a localização do túmulo amaldiçoado de Graça. 

Tudo o que posso garantir neste texto é que alguém enterrou o coração de um sapo embrulhado em uma calcinha minha no túmulo de Graça Clemente quando eu tinha 14 anos. Desde então a garota deixou as dependências do antigo cemitério. Encontrou um sentido para sua vida espiritual: desgraçar a minha vida amorosa. 

Por favor, se algum de vocês souber onde fica o cemitério, me procure! A gente negocia a informação! Beijos.

2 comentários:

Rodrigo Angelone said...

Não possuo tal informação. Mas tenho certeza de que você não é a única nesta malfadada procura.

Edu Mendonça said...

Estou disposto a ajudar na busca, se isso tirar metade do meu sofrimento.

Post a Comment