Friday, July 20, 2018

Estar apaixonad@

Faz tempo, né? Senti falta de escrever por aqui... além disso, a insônia me pegou novamente... o que fazer?

Levou muito tempo pra eu admitir que sou o tipo de pessoa que emenda um relacionamento no outro. Não por medo de ficar sozinha, pelo contrário, gosto de passar tempo comigo mesma, mas... sei lá... pelo conforto que é ter alguém que se importa comigo ao meu lado. Os carinhos, os olhares, o toque, os beijos, os cheiros, a pele na pele... tudo me encanta e me faz falta.



Como é gostoso se aninhar nos braços da pessoa que me faz respirar mais fundo e como é gostoso lembrar dos momentos mais íntimos assim, do nada, na fila do caixa do mercado... sentir cada pelo do corpo arrepiar e não ser capaz de controlar aquele sorriso que brota da boca.

Como é bom estar apaixonada! E como é melhor ainda ser correspondida!

Podem me chamar de louca, mas também gosto das separações temporárias. Não dos términos... os términos, mesmo temporários, são sempre traumáticos, mas as separações temporárias são gostosinhas... Aquela viagem a trabalho, aquele compromisso que te deixa longe da criaturinha do seu afeto por uns dias... dá aquela saudade desesperada, aquela vontade de sair correndo pela rua, no meio da noite, de pijama, chinelo e meias, debaixo de chuva, até chegar na porta da pessoa e gritar no portão até alguém sair! Bem cena de filme romântico hollywoodiano. Ai ai

Como sou bunda mole, em vez de sair correndo pela rua, à noite, de pijama e talz... só vou pra cama, agarro forte o travesseiro da pessoinha e sinto seu cheirinho, aquele que eu mais gosto, da região entre a orelha e a bochecha, que me enfeitiça. O sorriso me vem ao rosto e começo a me acalmar. Faço contas: quantos dias faltam? Quantas hora? Quantos minutos? Quantos segundos? E o sono vem... quem sabe acompanhado por um sonho colorido...

Depois de semi-maratonar Sense8 acho que meus sentidos estão mais à flor da pele que o normal e sinto que nosso reencontro vai ser meio Riley-Will no primeiro beijo cara-a-cara. Quase uma semana longe é muito tempo. Pra compensar precisa de, pelo menos, umas 18 horas agarradinhos, sem se largar.

O Amor até pode ser Vadio, mas sabe como fazer pequenas coisas se tornarem suntuosas. Meu reencontro, desta vez, vai ser na praia. O que poderia ser mais romântico? Se estivéssemos na tela do cinema rolaria uma corrida na praia em direção um ao outro, mas vai ser só uma buzinadinha no portão mesmo. Ainda assim, no momento em que eu descer do carro e cair nos seus braços, tenho certeza que um Unicórnio vai nascer em algum lugar do Universo! Sempre nasce.

Talvez seja isso! Você é meu Unicórnio! Que nem a Eleanor pro Memphis Raines. Ou talvez você seja Jake e eu Lady Iris, você meu Oberon e eu sua Titânia, você meu Clyde e eu sua Bonnie, você meu Sid e eu sua Nancy..........

Podemos ser tanta coisa, mas o melhor mesmo e sempre sermos nós mesmos. Tem nada mais gostoso nesse mundo.

Agora sim, o sono chegou, provavelmente porque o coraçãozinho se aquietou. Te encontro nos meus sonhos, coisa mais linda da minha vida. Até já já. Não esqueça, nem por um segundo, que eu te amo mais que tudo nesse mundo.

0 comentários:

Post a Comment