Tuesday, December 23, 2014

Transformações

Dia destes fui ao show da Banda do Mar, sempre gostei de Los Hermanos, mas odiava Mallu Magalhães, há 4 anos atrás se alguém me contasse que em 2014, ou até mesmo antes disto, eu estaria escutando músicas cantadas por ela (sozinha ou com o Camelo), eu daria risadas histéricas e apostaria até minha vida que isto nunca aconteceria.

De qualquer forma há 4 anos atrás eu apostaria minha vida que muitas coisas não mudariam, mas o bonito da vida é isto, esta eterna transformação.
E neste período todo entre odiar e passar a gostar da Mallu Magalhães muitas coisas aconteceram, muitos aprendizados, alegrias e decepções, amadureci bastante (não o suficiente) e ela com certeza também (rs). Mas o que chamou atenção no show foi a ligação dos dois, os olhares, a comunicação não verbal toda amorosa e foi legal ver esta troca, alimentou aquele lado romântico quase inocente que às vezes a gente esquece.

Quem nunca foi em algum show e cantou apaixonadamente olhando para a outra pessoa? E aquele olhar de que o outro é a personificação da melhor coisa que já experimentou na vida? E aquela sensação de eternidade que te faz sair rindo como boba(o) alegre?

Acho que deve ser o Natal ou o final do ano, deve ser por isto que a luz do amor anda cismando de aparecer...

4 comentários:

Anderson Dutra said...

Logo que a Mallu estourou eu fiquei louco pelo som dela. Fui para Campos do Jordão para um show dela e fiquei na primeira fila. Até tentei falar com ela no fim do show mais foi uma correria pq ela tinha que ir embora correndo pegar um voo para Lisboa para uma turnê por lá. Isso foi em 2009! Depois aos poucos fui encostando o CD e as mp3 dela e somente com Velha e louca voltei a me animar com o som dela. Preciso ouvir ainda a Banda do Mar para ver se sinto novamente a empolgação no que senti quando ela começou.

Liana Carmo said...

Eu comecei a gostar dela no Velha e Louca e agora com a Banda do Mar me apaixonei. :)

Anderson Dutra said...

Ouvi e gostei da Banda do Mar! Gostei de Muitos Chocolates, Me Sinto Ótima, Mais Ninguém e Hey Nana

Liana Carmo said...

Adoro todas estas q falou. A Me sinto ótima e destas para cantar no dia q acorda com a energia toda.

Post a Comment