Thursday, June 22, 2017

Quando chorei

Ah, o sofrimento por amor... é tão lindo... às vezes faz a gente ter vontade de cortar os pulsos com uma faquinha de rocambole. Pior é ser dessas que não termina o relacionamento quando tem que terminar. Sim, eu sou dessas. Vou arrastando a coisa até o limite, talvez esperando um milagre ou uma conjunção astral daquelas que só acontecem a cada bilhão de anos e resolvem tudo (vulgo meteoro do tamanho de São Paulo).



Mas teve um relacionamento em que eu fui, de verdade, até o extremo! Já estava tudo um horror quando rolou uma viagem a trabalho e fomos juntos. Já tinha um sem-número de dias que não transávamos, mas aí o lugar era bonito, romântico, ficamos um dia a mais e esse lance todo e... rolou! Logo que acordamos deu aquela vontadona e eu ataquei, meio sonolenta ainda.

Durante o sexo eu cheguei até a pensar “Poxa vida, que bom que estamos nos sentindo bem e próximos de novo!”, mas foi só ilusão. Perto de gozar um monte das coisas ruins que estavam acontecendo começaram a invadir meus pensamentos sem controle! Foi tão perto de gozar que não deu tempo de perder o tesão. Gozei e, imediatamente depois, comecei a chorar. Um choro daqueles que não dá pra segurar. E olha que tentei. Tentei esconder, fingir, mas não deu. Chorei de soluçar! Foi horrível, porque o clima ficou ainda pior do que antes.

Daí você pensa “Vixe! Que jeito horrível de terminar um relacionamento!”, né? Mas nãããão! Eu NÃO terminei o relacionamento AINDA! Ele durou muito, muito tempo ainda! Muito mesmo! A pessoa aqui, definitivamente, não sabe a hora de parar! Quer dizer, até sei, mas não paro na hora certa nunca! Foi preciso muito mais problemas pra eu me tocar que aquilo tudo estava errado e que não tinha como consertar!

Mas, né? No fim tudo deu certo. Quer dizer, deu tão errado que eu consegui terminar de vez. Hahaha (rindo pra não chorar de desespero)

Fico curiosa pra saber se só eu passo por essas situações bizarras com o Amor. Será? Porque se for o caso é mesmo de cortar os pulsos com a faquinha de rocambole. De chocolate. Pelo menos morro comendo alguma coisa gostosa.

1 comentários:

Unknown said...

Gosto muito de rocambole de morango...

Post a Comment