Tuesday, March 2, 2021


Eu não funciono pela manhã, nunca funcionei. Quando criança, estudava de manhã e a escola ficava tão longe que eu era a primeira criança que o Tio Jarbas (o motorista do busão da escola) pegava e a última que ele devolvia. Isso me obrigava a acordar mais cedo do que qualquer ser humano merece, especialmente uma criança!


Lembro como se fosse hoje, dos dias em que minha mãe me acordava e eu voltava a dormir instantaneamente, e começava a sonhar que tava levantando, escovando os dentes, colocando o uniforme malditamente marrom da escola... e então minha mãe me acordava de novo! Era como um Dia da Marmota com requintes de crueldade!


E ainda tinha que engolir, de café da manhã, aquele demônio daquele suco de beterraba com cenoura e agrião, e sei lá mais o que que tinha naquele diabo de bebida que, por diversas vezes, me fez lavar o chão da cozinha com vômito! Tenho plena convicção de que perdi meu esôfago naquela época, o que me gabarita pra convencer qualquer um de que dá pra viver sem ele debouas. 


Esse pesadelo todo me fez ter pensamentos suicidas desde os 6 anos de idade, quando já parecia completamente plausível, lógico e racional encerrar a própria existência. A única coisa que me impedia de executar qualquer plano nesse sentido era breve período de vida que valia a pena ser vivido, subindo em árvores, na casa do meu avô, depois da tortura do ensino fundamental. 


E seguiu sendo assim até a faculdade! Estudando cedo e longe demais. (Menos o suco infernal... em algum momento meu pai se convenceu de que aquilo jamais permaneceria no meu estômago.)


Depois comecei a trabalhar e... advinha... cedo e longe demais. A vida ainda acrescentou vários turnos... pra maior desespero da pessoa que vos escreve. 


Mas............ aprendi que eu funciono bem durante a noite e isso foi muito importante!


A meleca foi que eu demorei demais pra começar a me respeitar, mas foi uma descoberta de extrema importância pra mim. 


Passei tempo demais me obrigando a funcionar no “horário comercial”, que todo mundo acha que você deve funcionar. 


Tem alguns dias que passei a acordar mais tarde sem culpa e aproveitar a madrugada pra ser produtiva e, pasmem, estou sendo produtiva, de verdade, e me encontro feliz!


Ando tomando café à noite, mas pelo puro prazer de apreciar um bom café, porque não preciso dele pra ficar acordada durante a noite, nunca precisei, nem de café, nem de coca-cola, nem de cocaína... preciso de ajuda é pra dormir! Mas não de manhã... de manhã durmo bem, durmo gostoso, sonho...


Quando acordo às 09h, às 10h, às 11h, acordo feliz, sorrindo, dando bom dia! Quando acordo antes disso não acordo... não interajo, não tenho alma ainda. 


Que vão à merda os que acham que acham isso vagabundagem... sou capaz de apostar minha alma que não fazem metade do que eu faço numa madrugada! Então, que continuem acordando cedo e odiando as segundas-feiras! 


Minhas segundas são ótimas quando começam perto do meio dia e não preciso “sextar” pra ser feliz. “Sexto” toda madrugada e descanso nos fins de semana só por esporte mesmo. 


Na minha avaliação, nasci pra correr com os lobos e agora que o faço, uivo pra Lua Cheia, pra celebrar e exaltar minhas tão amadas madrugadas. 


Boa noite! 

São Caetano do Sul, 03:59h

0 comentários:

Post a Comment