Friday, August 23, 2013

Paixão burra vs Paixão controlada


ATUALIZAÇÃO

Este projeto está suspenso por tempo indeterminado devido à falta de preparo emocional desta que vos escreve.


POST ORIGINAL

Esses dias uma amiga me mandou o link abaixo.


40 Days of Dating

Trata-se de um experimento que tem tudo a ver com o Vadio Amor e comigo. Dois amigos, ela uma romântica incurável, ele um cafajeste de primeira linha, resolveram testar se conseguem ter um relacionamento sério e controlado entre eles.


Eu super acredito que a gente pode se apaixonar por quem a gente quiser, intencional e controladamente. A paixão burra é uma realidade, aquela onde a gente se apaixona naturalmente (e, geralmente, se lasca todo) por alguém do nosso dia-a-dia. Mas acho muito possível a gente se apaixonar por alguém que a gente sabe que tem a ver com o que somos e que achamos que vai nos fazer bem.

Ainda que acredite que paixão controlada seja possível, acho que o lance do casal americano é um exagero. Controlado e científico demais, com relatórios a preencher e tudo mais. Ficou frio e o que é pra ficar gostoso naturalmente me parece que virou um tipo de imposição... tipo trabalho.

Não sei no que deu o caso deles, mas tenho certeza que um experimento como este, pra mim, não funcionaria. Por isso pensei no meu próprio experimento que, na verdade, surge num momento oportuno de carência e necessidade de cuidados.

Não vou mentir pra mim mesma nem pra ninguém. Continuo apaixonada pelo cara de posts anteriores. Muita coisa mudou mas ele ainda não saiu dos meus pensamentos. Mas é uma paixão burra e eu acredito que uma controlada pode substituí-la.

Já sei que estou numa fase onde preciso ser cuidada e onde preciso cuidar de alguém. Já sei por quem quero/devo me apaixonar e já sei que vai ser complicado como qualquer relacionamento é.

Ainda é cedo pra falar qualquer coisa, mas o experimento já foi iniciado. Gastei bastante tempo pensando nas pessoas que têm a ver comigo e por quem eu poderia me apaixonar se eles deixassem e fiz minhas escolhas.

Por razões óbvias estas pessoas jamais saberão se são as primeiras da fila a serem abordadas por mim ou não. Por isso não vou falar aqui nem se já abordei alguém nem nada assim. O que importa é que já tenho minha lista de Príncipes do reino e tentarei convencer um deles a cuidar de mim. :)

A oportunidade de testar minha teoria sobre paixão controlada é perfeita, mas no fim das contas..... tudo se resume mesmo ao fato de eu querer um colo só pra mim de novo. :)

Vamos ver o que a sorte me reserva desta vez... Não tenho pressa nem "prazos de entrega" pro projeto. Quero que seja o mais suave possível e sempre deixando muito claro tudo o que espero de quem topar ficar comigo. Estou ansiosa só pra ter as conversas e ouvir as respostas. Essa é a parte onde minha gastrite deita e rola. Hahaha

Quem sabe.... notícias surgirão em breve por aqui....

3 comentários:

Liana Carmo said...

Boa sorte e muitos antiácidos! hahaha

Du said...

Mas heim, paixão controlada? Então não é paixão rs... Pode ser atração controlada, amizade com benefícios, relacionamento lógico com sexo... Sei lá, não consigo encaixar paixão e controle na mesma frase... Ou então não sei o que é paixão (o que não é improvável eheheh). :-P

Anonymous said...

Acho perfeitamente possível e acho que se está determinada tem tudo pra dar certo! Comigo deu...

Post a Comment