Friday, June 28, 2013

Será que eu intimido os caras?

Dia desses tava pensando em algumas coisas que já ouvi de caras desde que comecei a trabalhar. Primeiro na carreira que fiz em Tecnologia da Informação (área predominantemente masculina) e, principalmente agora, em Mecânica (área cheia de mulheres, só que não. hahaha).



Quando eu trabalhava com redes de computadores até que acontecia menos. Geralmente tinha problemas no trabalho mesmo, como caras querendo ver o número da minha certificação pra ter certeza de que eu estava apta a fazer o que eu tava fazendo.

Mas trabalhando com carros alguma coisa mudou. Agora eu vejo uma resistência peculiar por parte dos caras com quem eu saio. Mais de uma vez ouvi coisas do tipo: "Poxa! Você manja mais de carro que eu, mais de computador que eu… deixa alguma coisa de homem pra mim!".

Por outro lado, já ouvi coisas do tipo: "Nossa! Que legal! Você entende um montão de carros! Eu não entendo nada!" ou "Olha só! Você arruma o carro e eu passo a roupa. hahaha".

Tenho pra mim que a primeira reação, de achar que eu to fazendo uma coisa que eles deveriam dominar, é a mais sincera. Acho que a reação de achar legal é tipo aquela situação onde você fica com alguém muito diferente de você: é legal no começo, tudo que é diferente no outro nos fascina, mas depois acaba cansando e irritando.

É complicado, afinal de contas, optei por atividades masculinas porque gosto delas, não porque quero "causar" nem nada. Nem o fato de todo mundo achar que sou lésbica me incomoda, pelo contrário, me divirto muito com isso. hahaha.

Fico pensando se teria mais caras interessados em mim se eu fosse enfermeira, chef ou secretária, ou se a abordagem seria muito diferente… E me divirto com a análise. hahaha. O melhor lado disso tudo é que, na maioria dos casos, só caras muito, mas muito interessantes mesmo, acabam me abordando e acho isso o máximo! Sinal de que eu meio que intimido e isso frustra os avanços de caras que não têm tanto conteúdo assim.

Conclusão: Tenho pouco, mas com muita qualidade. ;)

3 comentários:

Bela said...

Melhor assim, afinal homem covarde é o ó :P

Liana Carmo said...

hahaha, isto reduz bastante a lista, poucos são "corajosos"

Thais F Roland said...

Hahahaha. to perdida!

Post a Comment