Friday, February 28, 2014

Obrigada por me mostrar como eu estava sendo idiota!

Tudo o que vem pra gente nessa vida é porque a gente procura. Me apaixonei pelo cara errado sabendo que era errado e fiz assim mesmo. Resultado: só me ferrei por causa disso... mais uma vez...

Mas, pra nossa sorte, a vida dá muuuuitas voltas. Muitas mesmo!



Tantas que consegui pegar impulso numa destas voltas pra me livrar da paixão sem esperanças pelo Sr. Errado. Na verdade, acho que peguei impulso numa das voltas ruins dele e saltei pra outra roda. Hahaha

Acho incrível a forma como eu me desapaixono! Quando o cara erra a mão é tipo um botão se desligando em mim. Foi assim com o meu Quarto Amor e, agora, com o Sr. Errado.

Ambos ficaram confiantes demais com relação à minha dependência deles e, justamente por isso, me perderam e juntaram-se aos “outros”... aqueles que mal me lembro dos nomes de tão pouco importantes que foram em minha vida. E foi assim mesmo... rápido, cruel, limpo e todo o sofrimento se foi.

Bastou uma mensagem (em ambos os casos), uma única mensagem pra rolar aquela broxada que a gente sabe que não tem mais volta. Na verdade, pensando agora enquanto escrevo, foi tudo muito parecido mesmo!

Passei muito tempo apaixonada (meu Quarto Amor durou aaaaaaanos de sofrimento) e este ponto de ruptura aconteceu quando eu já estava envolvida com outras pessoas.

Já fazia tempo que o Sr. Errado não dava sinal de vida, então passei pela super necessária fase da putaria desenfreada, sosseguei, e dois caras muito legais apareceram na minha vida. Começou a rolar romance e aquela coisa toda, eu baixei a guarda, depois de muito custo e então um deles me fez subir os muros novamente enquanto o outro me desarmou completamente.

Tudo correndo bem... o Sr. Errado ressurge para tocar o terror na minha cabecinha confusa. Com mensagens e ligações no meio da madrugada conseguindo me abalar com força... mas não por muito tempo.

O primeiro dia foi tenso e quase sucumbi. Mas no segundo dia ele perdeu a mão... Perdeu a mão exatamente da mesma forma como o meu Quarto Amor... perdeu a mão ao se achar importante demais na minha vida e me pedir pra abandonar a pessoa com quem eu estava pra ir encontrá-lo.

Ninguém me diz o que fazer e ninguém me diz quem é importante ou não na minha vida! EU faço isso! EU e somente EU! Não foi só isso que me fez perder o tesão... a conversa toda fez e a última mensagem dele pra mim foi a crucial, mas essa parte sempre tem um peso muito importante.

Mas, né... tudo o que vem pra gente nessa vida é porque a gente procura. Naquela noite eu estava procurando aproveitar a pessoa que está comigo e dei muita sorte desse papo todo ter rolado com o Sr. Errado e eu ter me libertado. Agora me sinto mais aberta do que nunca para as possibilidades da vida. Fato tão verdadeiro que já estou completamente envolvida e o Sr. Errado não me causa mais nenhum tipo de reação quando trazido à tona nos meus pensamentos.

Livre, leve e solta... mas já não mais tão solta assim. ;)

1 comentários:

Recovery Free said...

Me gusta mucho tu blog, espero que podamos intercambiar introducir un software gratuito de recuperación de fotos.MiniTool Power Data Recovery

Post a Comment